terça-feira, 31 de julho de 2007


...hesitante nos gestos, porque os meus olhos partiram nos teus.

E é assim que a noite chega, e dentro dela te procuro,

encostado ao teu nome...

Eugenio de Andrade

1 comentário:

Amita Padma disse...

pela janela vejo tudo q a onda traz e leva e traz e leva e traz e leva...