segunda-feira, 26 de julho de 2010


Invento.

Deponho
suponho e descrevo
a pulso

subindo pela fímbria
do despido

Porque nada é verdade
se eu invento
o avesso daquilo que é vestido.

(Maria Teresa Horta)

1 comentário:

Curiosa disse...

uau ...
que blog lindo ...
parabéns pela qualidade de imagens ... e pelo que é retratado, claro ... uma 'coisa' é a qalidade que o fotógrafo consegue com seu árduo trabalho ... Outra 'coisa' é o que ele seleciona para fotografar ... seu conteúdo .. eu amei os dois aspectos de seu trabalho ....

parabéns mesmo ...